No ano em que a Declaração de Direitos Humanos completa 70 anos, o tema “Educação e direitos humanos: compromisso de todos (as)!” norteou o primeiro Concurso de Desenho e Escrita da União dos Dirigentes Municipais de Educação do Rio Grande do Norte (Undime/RN), em parceria com o UNICEF. Quase 280 mil alunos de 109 municípios potiguares debateram e refletiram a temática em atividades que envolveram 6.409 professores e 1.653 escolas públicas municipais e estaduais. 

Dividido nas categorias de desenho, conto, artigo de opinião e poema, o concurso premiou os três melhores trabalhos de cada modalidade, reconhecendo as produções sensíveis, criativas e inteligentes de crianças, adolescentes e adultos que estão na escola. Os alunos e professores vencedores receberam livros, tablet, medalhas e certificados. As imagens dos três desenhos vencedores estão publicadas na galeria de imagens, mas você também pode conferir todos os trabalhos premiados aqui. A cerimônia aconteceu na Escola de Governo Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales, no centro administrativo, em Natal.

O presidente da Undime/RN, Alexandre Gomes, destacou que a proposta do concurso foi de fomentar o tema e fazer com que o estudante comece a ter prazer nessas atividades. “Buscamos apoiar a qualidade da educação no nosso país e, para isso, precisamos fomentar essa temática”, reforça. 

Declaração - Verônica Bezerra, oficial de educação do UNICEF, ressalta a importância da iniciativa por promover a discussão dos direitos humanos com os estudantes e, inclusive, levantar com eles a questão dos alunos que estão fora da escola. “No ano que completamos 70 anos da Carta dos Direitos Humanos, discutir um compromisso pela educação e vincular educação a direitos, é algo extremamente importante”, afirma.

A secretária executiva da Undime-RN e presidente do Concurso, Euba Nadja, cita a participação dos municípios como símbolo do compromisso em busca de uma educação com qualidade social. “Estamos muito felizes pelo engajamento dos municípios, como também dos nossos parceiros, em acreditar que podemos colaborar na busca de uma educação pública ainda melhor”, afirma.

Selo UNICEF – A discussão sobre direitos humanos e a implementação de estratégias mais eficazes para adotar mais e melhores políticas públicas voltadas para crianças e adolescentes também fazem parte dos objetivos do Selo UNICEF, que conta com a participação de 156 municípios do Rio Grande do Norte. Quase todas as cidades inscritas no Concurso de Desenho e Escrita também aderiram à iniciativa, especificamente, 101 das 109 participantes e todos os 12 municípios sede dos vencedores. 

A Edição 2017-2020 do Selo UNICEF conta com a participação de mais de 1.924 municípios de 18 estados brasileiros, na Amazônia e no Semiárido. Seu sucesso é resultado da parceria entre o UNICEF e governos estaduais e municipais por meio da atuação integrada entre diferentes níveis de governo voltados às crianças e adolescentes. 

Alcançar os mais de 1.900 municípios que participam do Selo UNICEF só é possível graças ao apoio de milhares de doadores individuais e de parceiros corporativos como Amil, Instituto Net Claro Embratel, Fundação Itaú Social, RGE, Enel, Coelba, Cosern, Celpe, BNDES, CPFL, Sanofi, Neve, Energisa, Celpa e Cemar. Mais informações sobre o Selo UNICEF em www.selounicef.org.br.

Sobre o UNICEF
O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) promove os direitos e o bem-estar de cada criança em tudo o que faz. Com seus parceiros, trabalha em 190 países e territórios para transformar esse compromisso em ações concretas que beneficiem todas as crianças, em qualquer parte do mundo, concentrando especialmente seus esforços para chegar às crianças mais vulneráveis e excluídas.http://unicef.org.br/