1.
Por que participar?

A experiência com as edições anteriores comprova que os municípios certificados com o Selo UNICEF avançam mais na melhoria dos indicadores sociais do que outros municípios de características socioeconômicas e demográficas semelhantes que não foram certificados ou participaram do Selo.

Resultados significativos também têm sido registrados, em todas as edições, nos municípios que, mesmo não tendo sido certificados com o Selo, participaram de todo o ciclo.

2.
Como o Selo UNICEF funciona?

O Selo UNICEF é uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) para estimular os municípios a implementar políticas públicas para redução das desigualdades e garantir os direitos das crianças e dos adolescentes previstos na Convenção sobre os Direitos da Criança e no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).


A metodologia do Selo inclui Resultados Sistêmicos (o que os municípios precisam garantir) e Indicadores de Impacto Social (os resultados que os municípios precisam melhorar) relacionados aos direitos à saúde, educação, proteção e participação social de crianças e adolescentes. 


Os municípios são agrupados, dentro de seus Estados, considerando suas características demográficas e socioeconômicas. Durante cada edição do Selo, o UNICEF capacita gestores e técnicos das secretarias municipais e conselheiros de direitos e adolescentes para qualificar a elaboração e execução das políticas públicas e para estimular que elas continuem mesmo após o fim de cada edição. 


São certificados os municípios que alcançam as pontuações mínimas tanto no Eixo dos Resultados Sistêmicos quanto no Eixo de Impacto Social, conforme estabelecido no Guia Metodológico


O sucesso do Selo UNICEF é resultado da parceria entre UNICEF e governos estaduais e municipais por meio da atuação integrada entre diferentes níveis de governo voltados às crianças e adolescentes.

3.
Como escolher o(a) Articulador(a)?

A escolha do(a) Articulador(a) do município é estratégica. A troca de Articulador(a) ao longo da edição do Selo UNICEF pode prejudicar o desempenho do município. 


Confira mais dicas clicando aqui

4.
Como é a metodologia do Selo?
5.
Como escolher o(a) articulador(a)?
6.
Quem pode participar?
7.
O que o município ganha ao ser certificado com o Selo UNICEF?
8.
Quanto custa participar do Selo UNICEF?
9.
O que o município precisa fazer, após a inscrição no Selo UNICEF?
10.
Para onde enviar o Termo de Adesão assinado?