Municípios do Selo UNICEF alcançam meta da plataforma 1 Milhão de Oportunidades

A plataforma integra o Resultado Sistêmico 4 e estimula a geração de vagas de emprego e formação para a juventude.

 

Quatorze municípios dos estados de Mato Grosso, Pará e Tocantins, alcançaram a meta de adesão e de implementação da plataforma 1 Milhão de Oportunidades (1MiO), totalizando 7264 adolescentes e jovens adesos. A ação, integrante da estratégia Selo UNICEF, está inserida no Resultado Sistêmico 4, que promove as formações profissional, educacional e de trabalho decente para adolescentes e jovens, com foco nas situações de vulnerabilidade social.

O objetivo da implementação da plataforma 1MiO é gerar oportunidades de estágio e aprendizagem pela Lei do Aprendiz, seja na estrutura administrativa da gestão pública ou pelo estímulo aos setores privados e da sociedade civil na geração de acesso ao trabalho para o público destinado.

A meta de implementação do 1MiO é reduzir as taxas de desemprego e outras formas de subutilização das forças de trabalho nos territórios parceiros. Os municípios devem contabilizar e registrar na plataforma a quantidade de oportunidades geradas aos jovens na gestão pública e na articulação com os setores privados. O quantitativo previsto pelas metas do RS4 e do 1 Milhão de Oportunidades é variável de acordo com cada município.

Sobre o Selo UNICEF

O Selo UNICEF é uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) para estimular e reconhecer avanços reais e positivos na promoção, realização e garantia dos direitos de crianças e adolescentes em municípios do Semiárido e da Amazônia Legal brasileira. Nesta edição, 2.023 municípios aderiram e nos próximos anos irão desenvolver uma série de ações para melhorar a qualidade de vida de crianças e adolescentes. 

1MiO – 1 Milhão de Oportunidades A iniciativa “Um Milhão de Oportunidades” (1MiO), liderada pelo UNICEF, é uma aliança multissetorial que mobiliza empresas, sociedade civil, governos e, especialmente, jovens para promover oportunidades de formação profissional, participação cidadã e trabalho decente para adolescentes e jovens entre 14 e 29 anos que se encontram em situação de vulnerabilidade. Em dois anos, o 1MiO já reúne mais de 100 empresas, 1.800 municípios e gerou mais de 200 mil oportunidades.